sábado, 12 de junho de 2010

Copa do Mundo FIFA 2010 - Análise do Primeiro Dia



Definitivamente, começou a Copa do Mundo 2010, acabaram as expectativas, agora é “ver para crer”. No primeiro dia, nada mais justo que uma copa que preza pela igualdade, resultados iguais. 
No jogo da África do Sul e México, movido pelo som ensurdecedor das vuvuzelas, o primeiro gol surgiu dos pés de um jogador Sul-Africano, Tshabalala, no 10º minuto do segundo tempo depois de um primeiro tempo marcado pela pressão mexicana. O resto do segundo tempo pode-se dizer que foi dos Bafana Bafana, porém parece que Rafa Márquez não ficou sabendo desse detalhe e aos 34 marca para o México empatando e calando o Soccer City, que cinco minutos depois voltou ao seu “estado normal”, exaltando toda a sua alegria, e dez minutos depois explode com uma bola de Mphela na trave. Depois disso fim de jogo e empate de 1a1 no primeiro jogo da Copa da África.

Em França e Uruguai, um jogo não tão emocionante quanto o África do Sul e México. Prejudicadas pelo campo molhado e pelas “más condições” da bola, as duas seleções fizeram um jogo muito entediante, sempre mostrando um futebol fraco e sem vontade os dois times trocaram chutes ineficazes e muitas faltas. Enfim, faltou a emoção esperada para o único jogo da primeira fase entre já campeões de Copas do Mundo, resultando assim num justo 0 a 0. 


Aguardem, em breve análises supimpas de Kaio Oliveira sobre os jogos da copa.  Não conhece Kaio? Então siga ele no twitter: http://twitter.com/_kaiooliveira.

Dicas? Escreva nos comentários ou envie para: cacarecoblog@yahoo.com.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário