quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

OS JOVENS E A POLÍTICA por Bruno Elvis

             

            Há cerca de 20 anos, jovem era sinônimo de revolução, principalmente no campo político, onde haviam as organizações e estes lutavam pelos seus direitos. A maioria (senão todas) dessas revoluções entrou para a história, um bom exemplo é o movimento dos caras-pintadas.
            Os anos passaram, e aquilo que era para ter evoluído regrediu. A política simplesmente volta a passos largos ao período do assistencialismo, dos coronéis, da situação onde o dinheiro é que decide quem vai ser eleito ou não. Lembre-se (ou se não for possível faça alguma pesquisa) e perceba que as grandes mudanças no cenário político brasileiro foram causadas por jovens. Mas hoje não se vê esse ativismo político por parte da juventude, é importante destacar que existem grupos que ainda são capazes de sair às ruas e fazer algumas reivindicações, porém sem a mesma abrangência e eficácia que houve um dia.
            Os jovens estão infectados pelo vírus do comodismo, onde se pensa que não vale à pena lutar pelo bem comum. Porque muitas vezes o adolescente classifica política como um assunto chato? Isso se dá pelo fato de que tratar de política exige muito mais dedicação do que tratar de música, histórias fantasiosas etc. Ou seja, o espírito revolucionário que enfrenta dificuldades foi substituído por um espírito preguiçoso e que tem medo de enfrentar o difícil.
            Não é preciso ser um especialista para perceber que a situação em que se encontra a política brasileira hoje não é das melhores. Agora reflita: como mudar isso? Quem vai mudar isso? Será um partido que faça oposição ao governo? NÃO! Os únicos que possuem poder o bastante para causar tais mudanças são os jovens, é só querer.
            Portanto, você que representa o futuro deste país, está mais do que na hora de levantar desta cadeira, sair desse mundo onde tudo já vem pronto e lutar pelo bem comum, pela transformação dessa situação decadente em que a nossa política se encontra. Não estou dizendo para você causar uma guerra “física”, com uso da força, mas sim para você causar uma guerra idealista, com uso do intelecto, pois como já dizia Geraldo Vandré: “Ainda fazem da flor seu mais forte refrão, e acreditam nas flores vencendo o canhão...”, apenas use o poder de impacto que você possui para algo importante.

NOTA: Caso você julgue, não tenho a menor intenção partidária com esse artigo.

Concordando comigo ou não, deixe a sua opinião nos comentários.

Caso queira escrever um artigo respondendo este ou qualquer outro que por ventura seja postado aqui, assim como um artigo sobre assunto qualquer, envie para: cacarecoblog@yahoo.com.br. Será um prazer postá-lo.

Deixe a sua opinião também no meu twitter: @elvisbruno.
 __________________________________

UPDATE: Tamanha foi a repercussão deste artigo que ele foi postado no blog "A Cidade Icapuí", clique aqui e veja. Desde já meu muito obrigado pelo reconhecimento e considero uma honra ter um artigo meu postado em um blog de tamanha qualidade de credibilidade.

4 comentários:

  1. Elvis, já pensou em escrever um livro? Tu escreve demais cara. Meus parabéns! Vou postar esse texto na comunidade do Aracati.

    ResponderExcluir
  2. Rsrs Livro ainda não, mas valeu ai hehe

    ResponderExcluir
  3. caro elvis!
    queria fazer um comentário sobre teu blog e escolhi aqui na página que me sinto bem a vontade..kkk.
    parabéns camarada, você tem um futuro promissor, seja qualquer a área que escolhas para atuar, e lembre-se que nosso município precisa e precisará de jovens como você. Parabéns a você e ao cacarecoblog. um forte abraço do seu admirador.

    ResponderExcluir